Os pais percebem que a sua filha voltava sempre nervosa da escola. Meses depois, os médicos finalmente tiram isso de dentro dela.

Aviso: Este artigo contém imagens que alguns leitores podem achar perturbadoras.

 

Quando os pais desta menina de 10 anos da cidade de Kemerovo, na Rússia, notaram que a sua filha mastigava nervosamente a sua trança todos os dias, eles simplesmente acharam que era um pequeno hábito inofensivo que logo logo lhe passaria. No entanto, quando a pequena começou a sentir terríveis dores no estômago e ter febre e náuseas, ela teve imediatamente de ser levada para o hospital, por conta do seu pequeno “hábito inofensivo” o qual seus pais não deram importância.

O que os médicos descobriram na radiografia deixou os pais sem palavras.



 

Inicialmente, os médicos suspeitaram que se tratava de uma intoxicação alimentar, porem quando viram o seu raio-x viram algo realmente assustador.

A menina tinha uma enorme bola de cabelos no estômago.

Uma operação de emergência foi iniciada imediatamente, e os médicos removeram o emaranhado de cabelos. Os funcionários do hospital nunca haviam visto algo assim antes. A bola de cabelo tinha cerca de 50 cm de comprimento, e levou duas horas para ser completamente removida.



Após a operação bem-sucedida, os médicos de Kemerovo explicaram como isso teria ocorrido. Acontece que a menina não se dava bem com seus colegas de turma e, por isso, mastigava constantemente sua longa trança como uma forma aliviar a ansiedade que lhe causava.

Com o tempo, os cabelos foram se acumulando no estômago e formando um grande massa de cabelos, de tal forma grande que ela parou no hospital. Felizmente, os médicos foram capazes de remover o cabelo antes que se tornasse algo realmente perigoso.

 

Normalmente, não é perigoso engolir cabelo, mas, nesta quantidade, complicações graves poderiam surgir no aparelho digestivo. Agora, a está em recuperação e, com certeza, está ciente sobre os perigos de “brincar” com os próprios cabelos como fazia antes. Quem diria que um hábito aparentemente inofensivo seria algo que a levaria de urgência para a sala de cirurgia? Felizmente, os médicos foram rápidos.