15 razões pelas quais está sempre infeliz

 

 

 

 

1. Você se compara com outras pessoas

 

Eu sempre me comparava muito. Olhava outras pessoas e dizia: Nossa queria ser como aquele cara? Vai por mim, essa é a pior coisa que você pode fazer com você.

Digo por experiência própria. Não se compare com os outros.

Cada pessoa teve um caminho, uma história e comparar assim de forma trivial é como comparar laranjas e maças, não faz sentido. Vamos a outro exemplo.

Há boatos por aí que o Michael Jordan joga mais basquete do que eu. Tudo bem, mas será que ele canta tão bem quanto eu no chuveiro…

Viu, não faz sentido. Pegamos uma área isolada e comparamos laranjas com maças. Esquece isso.

Isso não significa não ter aspirações, ou não poder querer ser como alguém. Podemos ter pessoas a quem nos espelhar, modelar, etc.

Mas isso é uma admiração, um foco, não um comparação banal. Isso te mata aos poucos…

 

Solução: compare-se com você mesmo. Você é hoje melhor do que você foi na semana passada? Use isso como motivador para crescer continuamente.

2. Você é perfeccionista

“Não procures a perfeição. Sejas simplesmente humano.”

José Robson Gabriel da Cunha

 

Essa é outra grande forma de ficar infeliz.

O perfeccionismo nos limita. Nunca parece bom o suficiente, pronto na sua expectativa. Isso faz você desistir de realizar seus projetos, tarefas e até mesmo seus sonhos.

Quer um exemplo disso, olha meu primeiro video no youtube. Você vai achar engraçado.

Agora olha o último. Notou a diferença!?

Eu pensei mil vezes antes de postar aquele primeiro video e se não tivesse feito isso não teria continuado e talvez hoje tudo fosse igual…

Solução: FAÇA. Faça melhor a cada dia e vá sempre aprendendo novas maneiras.

 

3. Você é inseguro

“A tarefa que temos que definir para nós mesmos é não se sentir seguro, mas ser capaz de tolerar a insegurança.”

Erich Fromm

 

Só crescemos fora da nossa zona de conforto. Se você está inseguro demais para se mover, você nunca vai saber a alegria de conquistar seus medos e encontrar suas asas.

Solução: Aceite a insegurança e arrisque. Não dará tudo certo, mas você irá aprender e a médio/longo prazo você vai olhar para trás e ver sua evolução.

4. Você tem medo do fracasso

“O sucesso não é o final, o fracasso não é fatal: é a coragem para continuar que conta.”

Winston Churchill

 

O fracasso é um resultado e não um ponto final! Algumas pessoas têm tanto medo de cometer um erro, que nunca tentam.

Você fracassou miseravelmente na sua primeira tentativa de andar…

Imagina se você tivesse desistido de tentar… Você ainda estaria engatinhando!

Ao longo do tempo perdemos a nossa coragem de tentar o novo, porque pode não funcionar. Se você adotar essa mentalidade, você nunca vai viver de acordo com seu potencial. Isso pode criar uma enorme insatisfação em sua vida.

Solução: Aceite os erros e transforme seus fracassos em aprendizado. Para resultados melhores, faça novas ações.

 

 

5. Você é pessimista

“O pessimista vê dificuldade em cada oportunidade; o otimista vê oportunidade em cada dificuldade.”

Winston Churchill

 

Se você é uma pessoa pessimista, você vai notar todas e qualquer noticias ruins em sua vida. Sua percepção torna-se a sua realidade. Em vez disso,  você pode optar por concentrar-se no melhor das pessoas, os momentos mais brilhantes, e com a beleza e as bênçãos que o rodeia. Quanto mais você se concentrar na luz do sol, menos as sombras vão invadir a sua perspectiva.

Aplique o otimismo realista na sua vida!

Solução: Mude sua perspectiva e dê chance para as coisas darem certo para você.

 

6. Você é ator e não Autor

“Para ser você mesmo em um mundo que está constantemente tentando fazer de você outra coisa, é a maior conquista. “

Ralph Waldo Emerson

 

Você faz o mundo um enorme desserviço ao tentar ser alguém que você não é. Seja autêntico. Não viva para os outros, escolha o que é melhor para você!

Adiar essa decisão de escrever sua própria história irá gerar frustração a longo prazo. Comece hoje. Ainda dá tempo.

Solução: Comece hoje decidindo o que é importante para você e quais ações você tomará daqui para frente

7. Você se prende ao passado

“Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente.”

William Shakespeare

 

Muitas pessoas se tornam o produto de seus passados. Podemos sim aprender com o nosso passado, mas não viver lá para sempre.

Para mudar seu futuro, aprenda o passado e crie novas experiências melhores a cada dia.

Solução: Escreva tudo sobre o aprendizado até hoje e siga em frente.

 

8. Você está muito ocupado

“Estar ocupado também é uma forma de preguiça.”

Tim Ferris

 

Você tem exatamente o mesmo número de horas por dia que a Madre Teresa, Leonardo da Vinci, Thomas Edison, Albert Einstein, etc.

Talvez você esteja ocupando seu tempo com coisas não importantes ou fazendo mais atividades do que conhece dar conta.

Solução: Seja honesto com você e avalie seu dia a dia. O que pode ser removido? Quais atividades bacanas você pode adicionar?

 

 

9. Você não tem tempo de traçar metas

“Todas as pessoas bem-sucedidas têm metas. Ninguém pode chegar a algum lugar, a menos que ele sabe onde ele quer ir e o que quer ser ou fazer.”

Norman Vincent Peale

 

Para quem não sabe aonde vai qualquer destino serve, certo?

A falta de clareza faz com que você se mova mas, sem chegar a lugar algum. Seus dias vão passando, você segue fazendo coisas mas nada realmente incrível acontece.

Solução: Dar importância e definir suas metas.

10. Você se importa com o que os outros pensam

 

Parecido com a razão 1, esse hábito de se importar fortemente com a opinião dos outros faz você viver uma vida que não é sua. Você se torna previsível e nada autêntico.

Talvez em algum momento da sua vida você tenha feito algo que era só pensando no que os outros iriam pensar. Eu já! E não é nada bom…

Na verdade, ter uma meta para tentar agradar a todo mundo vai simplesmente deixá-lo louco.

Solução: Liberte-se do ciclo de agradar e aprenda a viver sua própria vida. Pergunte-se sempre: Faço isso é realmente por mim?

 

11. Você se faz de vítima

“Não vamos tentar consertar a culpa do passado, vamos assumir nossa responsabilidade pelo futuro”

John F. Kennedy

 

Se fazer de vítima é deixar a responsabilidade da sua vida nas mãos de outras pessoas.

Não importa de quem é a culpa, se da família, do chefe ou do fulano de tal, quando você assume a responsabilidade de fazer diferente você assume o controle para mudar qualquer aspecto da sua vida.

Isso é liberdade!

Solução: Assuma sua vida a partir de agora e mude o que você deseja.

 

 

12. Você não aprende com seus erros

“O maior erro que você pode cometer, é o de ficar o tempo todo com medo de cometer algum.”

Elbert Hubbard

 

Quando tudo dá certo, vamos comemorar falando da vitória. Quando algo dá errado, vamos para casa e não conversamos com ninguém.

Essa frase te parece familiar. Você age assim?

Porque não aceitar o erro e tentar entender o que pode ser melhorado?

Se algo der errado, por mais tentador que seja apenas esquecer, é muito melhor parar e pensar em como o resultado negativo ocorreu e como você pode evitar de repeti-lo no futuro.

Solução: Aprenda com seus erros. Aceite, reflita e tome novas ações.

13. Você não corre riscos

“Somente aqueles que corre o risco de ir longe demais pode, eventualmente, descobrir o quão longe se pode ir.”

TS Elliot

 

Ou falando de outra forma: Eu nunca vi alguém alcançar o sucesso sentado no sofá!

Assumir riscos pode ser difícil, mas é o caminho mais saudável que conheço para alcançar sonhos e viver uma vida extraordinária!

A sensação de superar seus limites cria uma existência única. Você vai se viciar…

Solução: Levante do sofá e vá buscar seus sonhos

 

 

14. Você se preocupa demais

 

Problemas criam uma confusão interna. Pensamentos vão surgindo a toda hora e cada vez mais intensos.

No fim você descobre que nada do que poderia ter acontecido, realmente aconteceu. Mais algumas horas de preocupação em vão…

Isso significa, menos energia, estado emocional enfraquecido e mais cabelos brancos… Quando isso acontecer novamente, lembre-se que o que não tem solução já está solucionado. E se tem solução, siga em frente!

Solução: Mude sua perspectiva e dê foco a solução.

15. Você guarda rancor

“A raiva é um ácido que pode fazer mais mal ao navio em que ele é armazenado do que qualquer coisa em que é derramado.”

Mark Twain

 

Guardar rancor tem a mesma lógica de beber veneno e esperar que a outra pessoa morra. Seu estado emocional é afetado, você perde o controle e nada realmente acontece com a outra pessoa.

Você é o responsável pelo seu estado emocional, portanto, crie a sua estratégia para voltar ao seu estado normal.

Solução: Resolva, seja na conversa, mudando a perspectiva, etc. Use a criatividade.

 

Conclusão

Espero que esse artigo tenha te inspirado a fazer algo novo, diferente!

Se sim, diga-me nos comentários.

Deixe um comentário com sua visão sobre essas razões e qual suas estratégias para superar qualquer uma delas.

 

Se identificou com algum desses comportamentos! Tudo bem, eu me identifiquei com vários. isso fará você tomar ações para que isso não ocorra no futuro.