RECORDA SEMPRE AQUELES A QUEM SERVES

Naquele tempo um gelado custava muito menos do que hoje. Uma criança de 10 anos entrou numa gelataria e sentou-se numa mesa. A empregada veio e colocou um copo de água na mesa.
– Quanto custa um gelado de chocolate com amêndoas ?- Perguntou a criança.
– Cinquenta centimos – respondeu a empregada
O menino meteu a mão no bolso e tirou algumas moedas que examinou rapidamente.
-Quanto custa um gelado simples? – Voltou a perguntar.
Algumas pessoas estavam esperando mesa, e a empregada, já estava a ficar impaciente.
-Trinta e cinco cêntimos, – disse bruscamente.
O menino voltou a contar as moedas e disse:
-Quero um gelado simples.
A empregada foi buscar o gelado, que colocou em cima da mesa, junto com o talão da conta e afastou-se.
O menino comeu o gelado, pagou na caixa, e saiu. Quando a empregada começou a limpar a mesa, engoliu em seco ao ver alinhadinhas junto ao prato, algumas moedas que perfaziam vinte e cinco cêntimos. A sua gorjeta.

 

JAMAIS JULGUES A ALGUÉM ANTES DE TEMPO.