Funcionário de limpeza de rua usa jato de água para torturar sem-abrigo

O jornalista Geraldo Ramos Júnior flagrou um funcionário da empresa responsável pela limpeza de ruas de São Paulo disparando um jato de água contra um morador de rua. No vídeo, o homem tenta em desespero se levantar, mas não consegue.


 

Como é que um humano consegue fazer algo tão cruel a quem já nada tem.

Este acto para alem de desnecessário é covarde e cruel, partilhe o máximo possível para que seja identificado e reprimido por este acto de pura maldade.