Homem condenado à morte escreve mensagem emocionante à mãe. A carta está a dar a volta ao mundo.


Um homem que vivia no estado de Kansas, Estados Unidos, foi condenado à morte por ter cometido vários crimes graves. Mas antes da execução, tal como todos os prisioneiros condenados a morte, ele teve direito um ultimo desejo! E o seu ultimo desejo foi que lhe fornecessem um papel e um lápis! Após escrever por vários minutos o recluso chamou o guarda e pediu que a carta que ele tinha acabado de escrever fosse entregue a sua mãe biológica! O conteúdo da carta está a dar a volta ao mundo.

“Mãe, se existisse mais justiça no mundo, não seria só eu, mas seriamos os dois culpados. Tens tanta culpa como eu, na vida criminosa que tenho levado. Lembras-te há alguns anos atrás, do dia em que eu roubei uma bicicleta de outro menino?

Tu ajudaste-me a esconder a bicicleta do pai para que ele não descobrisse. Lembras-te do dinheiro que roubei ao nosso vizinho? Fomos gastá-lo no dia seguinte no shopping. Lembras-te de discutir com o pai porque eu roubei o exame final do curso? Ele só queria corrigir-me.

Mãe, eu era uma criança, depois fiquei um adolescente problemático, e agora sou um criminoso do pior que existe. Mãe, eu não precisava que me protegesses, apenas que me corrigisses. Mesmo assim eu perdoo-te. Quero apenas que me faças um favor.

Quero que leves esta carta a todos os pais do mundo. Eles tem de perceber que o que nos vai transformar em criminosos ou em boas pessoas, é a educação.

Obrigado minha mãe, por meteres dado a vida e por a teres tirado.

Assinado, o delinquente do teu filho.”