Revolta nas redes sociais com a babá que “fritou” os pés deste recém-nascido

Um caso chocante causou grande indignação pela crueldade praticada contra uma criança. Uma mulher está sendo acusada de cometer um ato terrível contra um bebê de apenas seis meses de idade. A autora do crime foi identificada como Ismelda Ramos Mendonza, de 36 anos. Ela era a babá da criança e confessou ter queimado os pezinhos do bebê em uma frigideira quente.

Segundo informações que constam no arquivo do Tribunal Distrital de Maryland, Estados Unidos, a mulher admitiu que ficou irritada com a menina porque ela chorava muito e por esse motivo queimou os seus pés. Porém, o fato somente foi percebido pela mãe do bebê na manhã seguinte, quando viu que os pezinhos da menina estavam vermelhos. A mãe relatou que questionou a babá, porém ela disse que não sabia de nada. Ao notar que a sola dos pés da filha se encheram de bolhas, a mãe decidiu levar a menina ao hospital. O bebê foi internado com queimaduras graves de segundo grau nos dois pezinhos.

À princípio, a babá tentou se esquivar da acusação dizendo que a menina havia encostado em uma tortilha quente que ela havia tirado da panela. Porém, ao ser pressionada pelos investigadores contou toda a verdade e admitiu o ato cruel. Após confessar o crime a babá foi presa.


O bebê ficou sob cuidados médicos durante alguns dias e após passar pelo tratamento estabelecido no hospital foi liberada para voltar para casa.

O trabalho mais importante de uma babá é garantir que as crianças que estão cuidando estejam seguras. Então, ver uma babá acabar sendo a pessoa que maltratou um bebê é asqueroso.

Uma vez que os pais não podem estar sempre observando as babás com os filhos 24/7, é importante prestar atenção aos pequenos detalhes e permanecer vigilante e receptivo.

Por favor, compartilhe esta história para que os pais tenham mais cuidado com quem permitem estar sozinhos com seus filhos.

Infelizmente, relatos de agressões contra crianças e idosos passou a ser algo corriqueiro não somente no nosso país, mas também é um mal que tem assolado todo o mundo todo. Apesar de existir entidades e várias campanhas na mídia para conscientizar sobre maus tratos, casos de agressão contra crianças e adolescestes é algo assustador. Principalmente porque muitas vezes a pessoa que comete esse tipo de crime é alguém muito próximo, sendo até os próprios pais.

No entanto, também tem se tornado algo assustador o número de denúncias onde o algoz é alguém da confiança dos pais.

Este artigo serve de alerta aos pais sobre os cuidados com quem deixar os filhos.

Compartilhe em suas redes sociais este alerta.