Agredida à entrada de minha casa. Motivo: “Os cães estavam a ladrar de felicidade por me ver”.

Estes casos são cada vez mais frequentes e cada vez mais inaceitáveis, para alem de a ter agredido ainda tentou dar pontapés ao focinho da pobre cadela!
Este é o testemunho de uma amiga com um coração enorme, que se viu agredida por que os seus cães estavam a ladrar de alegria por ela ter chegado a casa depois de um longo dia de trabalho:

Dia 30 de Janeiro de 2019:

Agredida à entrada de minha casa.
Motivo: “Os cães estavam a ladrar”.

Queixa na polícia, homem notificado. E apartir daqui? Valerá de algo??

Os meus cães ladram de felicidade por me ver ou porque chegou a hora de jantar. São animais , não entendem o certo e o errado (se não lhes ensinarmos) não percebem o que são horas… Não percebem que é de noite.
[adinserter block=”8″]
Só se expressam da única forma verbal que sabem: ladrar. Claro… Se miassem é que era estranho!

Pior! Antes de ser agredida o senhor – já embriegado (para não variar) – tentou dar um pontapé no focinho da minha cadela de 1 ano.

Eu questiono-me, e se fosse um bebe recém nascido a chorar? Também lhe dava um pontapé??

Entre analfabetismo, álcool e ignorância à mistura, um pau de madeira deu para dar umas moças à minha porta de entrada e o meu braço também teve direito a uma bela pancada.

Volto a repetir: e agora? Que vai acontecer aquele senhor que possivelmente ainda me estraga o carro que está ao lado dele na garagem?

É isto que se ganha por ser boa pessoa, ser amiga dos animais e praticar o bem…

Partilhem por favor.

Este foi o resultado:
[adinserter block=”8″]

É preciso partilhar e ficar revoltado mesmo com estas situações, para que este homem pague pelo que fez e a justiça tenha uma mão pesada!
Não podemos aceitar mais a violência contra mulheres nem animais, tem de se dizer BASTA seja qual for a situação AGRESSÃO NÃO! PARTILHE!