ALERTA: Quadrilha internacional está a raptar crianças

A cada hora, o Brasil registra oito desaparecimentos de pessoas. De 2007 a 2016, foram 693.076 boletins de ocorrência por desaparecimentos. Os dados, divulgados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública em estudo feito a pedido do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, mostram uma realidade triste e ignorada pela população e pelos órgãos públicos.

-Após o desaparecimento do Luis Felipe dos Santos (2 anos) no dia 27-06 em Telemaco Borba , a polícia deu o alerta.

O Paraná , por exemplo é um dos Estados onde mais desaparecem crianças , isso devido ao biotipo genetico, com traços europeus , mas casos acontecem todo dia em todo o Brasil, e depois da reprise de senhora do destino, coicidentemente parece que o numero nos casos triplicaram.

Em menos de 24 horas, casal em um carro preto tentou sequestrar duas crianças , em bairros diferentes , cidade de Dourados, Ms distante 233 km de Campo Grande . Em um dos casos, uma mulher invadiu a casa de uma mãe e tentou pegar o bebê de 8 meses do andador. Na segunda tentativa de sequestro , a mãe que passeava com seu filho na rua, lutou com a sequestradora que tentou arrancar seu filho do seu colo, enquanto um carro preto lhe esperava, por sorte e ajuda de Deus a mãe conseguiu tomar a criança e gritar chamando atenção de todos na rua o que fez com o que marginais fugissem…

Infelizmente o sofrimento das mães parece não atingir os órgãos da polícia: muitas mães que tentaram fazer boletim de ocorrência sobre o desaparecimento de seus filhos já foram erroneamente orientadas a esperar por 24 ou até 48 horas para fazer o boletim. Para fazer uma comparação, nos Estados Unidos as primeiras 48 horas são consideradas fundamentais para encontrar a criança; depois desse período, as chances de a criança nunca ser encontrada sobem para 70%, principalmente no caso de quadrilhas internacionais.

É preciso ter muito cuidado e avisar os seus amigos e conhecidos com filhos.
[adinserter block=”6″]
Uma das tácticas usadas também é perto de escolas está uma criança perdida que pede ajuda a outras crianças para chegar a casa e inocentemente as crianças que ajudam acabam por ser raptadas quando chegam ao local.

Diga sempre aos seus filhos para quando algo assim acontecer entrar na escola com a criança e falar de imediato com um professor ou funcionário da escola para chamar a policia ou se já não tiver perto da escola que se dirija de imediato para a esquadra mais próxima, pois as crianças raptadas são usadas para raptar outras.

Partilhe este aviso de segurança publica!