Alimente-se corretamente consoante o seu tipo sanguineo! Perca 10kg num mês!

Descubra qual o seu tipo, aposte na dieta certa para você e perca até 10 quilos em 1 mês.

Seu tipo sanguíneo é O, A, B ou AB? Essa informação é importante para você colocar no cardápio diário os alimentos que combinam com seu organismo, combatendo processos inflamatórios, que, geralmente, aumentam a retenção de líquido, o inchaço e as gordurinhas. Fazer escolhas alimentares de acordo com seu perfil biológico favorece ainda o ritmo do metabolismo, acelerando o emagrecimento – dá para você perder até 6 quilos em um mês.
[adinserter block=”1″]
A ideia de uma alimentação diferente para cada tipo de sangue não é nova. Ela se tornou famosa em 1996, com o lançamento do livro A Dieta do Tipo Sanguíneo, best-seller nos Estados Unidos, escrito pelo americano Peter D’Adamo e traduzido em mais de 50 idiomas. Mas o furacão Claudia Raia colocou a dieta novamente em evidência. E o resultado é incontestável. “Ela emagreceu 7 quilos e ainda se livrou das crises de enxaqueca”, diz Sonja Salles, personal diet da atriz. Ou seja, você perde peso e ganha saúde.

Segundo Peter, existem correlações históricas, antropológicas e fisiológicas entre o tipo sanguíneo e os alimentos. “É por isso que seguir um cardápio personalizado reequilibra o organismo, que passa a funcionar melhor”, explica a nutricionista. Para facilitar a dieta, os alimentos são divididos em três categorias:

 

A lista dos alimentos é extensa. Por isso, selecionamos os principais deles para cada tipo sanguíneo. E as calorias? Esqueça. Mais importante do que isso é você se propor a consumir porções moderadas. Outra recomendação da nutricionista é comer a cada três horas. “É um recurso importante para manter o metabolismo acelerado.” Pronta para começar? Então, procure a seguir o cardápio correspondente ao seu tipo sanguíneo e boa dieta!

Para cada tipo sanguíneo (tipo A, B, O e AB) os alimentos são considerados:

[adinserter block=”11″]
Benéficos – alimentos que evitam e curam doenças, são alimentos protetores (capazes de prevenir e tratar doenças, assim como favorecer a perda de peso) e, portanto, necessários ao organismo diariamente.

Nocivos – alimentos que podem agravar doenças, devem ser cortados do cardápio, pois mexem com o equilibro do organismo, provocando diminuição no ritmo do metabolismo e aumento do peso, além de enxaqueca, má digestão e alterações na produção da insulina – hormônio que, em excesso, contribui para os estoques de gordura.

Neutros – não trazem, nem curam doenças, agem apenas como alimento (não fazem bem nem mal) e, portanto, podem ser consumidos com frequência ou não.

De acordo com esta dieta os tipos sanguíneos têm forte influência no organismo. Eles determinam a eficiência do metabolismo, do sistema imunológico, o estado emocional e até a personalidade de cada indivíduo, promovendo o bem-estar, diminuindo o peso e fortalecendo a saúde a partir de uma mudança de hábitos alimentares.

Dieta do tipo sanguíneo

Alimentos permitidos para cada tipo de sangue

Cada grupo sanguíneo tem as suas características e por isso deve de fazer uma alimentação específica, assim para quem tem:
[adinserter block=”10″]
Sangue tipo O – necessita de comer proteínas animais diariamente, caso contrário, podem desenvolver doenças gástricas como úlceras e gastrites devido a alta produção de suco gástrico. São considerados os carnívoros com um aparelho intestinal forte sendo considerado o grupo mais antigo, basicamente caçador.

Sangue tipo A – se deve evitar proteínas de origem animal pois têm dificuldades para digerir estes alimentos uma vez que a produção de suco gástrico é mais limitada. São considerados os vegetarianos com um aparelho intestinal sensível

Sangue tipo B – tolera uma dieta mais variadas e é o único tipo de sangue que tolera bem laticínios em geral.

Sangue tipo AB – necessita de uma dieta equilibrada contendo um pouco de tudo. É uma evolução dos grupos A e B, sendo que a alimentação desse grupo é baseada na dieta dos grupos sanguíneos A e B.

Apesar de existir alimentos específicos para cada tipo de sengue existem 6 alimentos que para um bom resultado devem ser evitados como: leite, cebola, tomate, laranja, batata e carne vermelha.
[adinserter block=”1″]

Sempre que se quer fazer uma dieta é importante consultar um profissional de saúde como o nutricionista para verificar se essa dieta pode ser realizada pelo individuo.