Casal Português que ganhou o Euromilhões mostra o significado de generosidade


O dia 20 de novembro de 2015 ficará para sempre na memória deste casal de Coimbra, de 56 e 58 anos de idade. Foi o dia em que transformaram €10 de apostas aleatórias do EuroMillions num incrível prémio de €163.553.041, que lhes garantiu a entrada no restrito clube dos euromilionários.

“O meu marido primeiro só viu um número e uma estrela, mas depois começou a dizer asneiras e a gritar: “É tudo! É tudo!”, contou a vencedora do jackpot de sexta-feira ao jornal Correio da Manhã. “Eu já era feliz, mas agora estou mais. Isto foi um bem”, acrescentou a nova milionária.

O casal, proprietário de um café, que tem duas filhas e netos, preferiu permanecer no anonimato e confessam que, para além de ajudar a família, ainda não definiram o que vão fazer com a fortuna que ganharam.

Mas em vez de ficarem com o dinheiro ou gozarem uma vida de ricos sem se preocuparem com os outros, decidiram ajudar os bombeiros. Como tinham uma relação de proximidade com a corporação de Brasfemes, da zona de Coimbra, o casal decidiu oferecer duas ambulâncias para transportar doentes aos bombeiros.

Comandante diz que esta oferta “caiu do céu”. Desde 2015 que o casal Figueiredo, que ganhou o Euromilhões, com um valor de 163,5 milhões de euros.

Os soldados da paz, em declarações ao Notícias ao Minuto pelo seu comandante, disse que era uma “honra” a família Figueiredo se ter lembrado deles e ter feito esta oferta à associação.

“Foi a primeira vez que nos ofereceram algo de valor tão considerável”, disse Acácio Monteiro, que explicou também se tratar de “duas ambulâncias” que custam “mais de 70 mil euros”.

O casal é proprietário de um café na zona e daí a relação de proximidade. A zona é ameaçada frequentemente com os incêndios e toda a alimentação dos bombeiros que estão a combater as chamas é normalmente feita naquele café pela proprietária. Já nessa altura a família era generosa e ajudava os bombeiros.

As duas ambulâncias foram “inauguradas” no sábado passado, na comemoração do 79.º aniversário da corporação.

O comandante disse ainda que esta oferta irá “renovar a frota” que já estava gasta, algumas ambulâncias têm entre “300 a 400 mil quilómetros” de uso.

Isto sim é ser Português!

Partilhe pode ser que façam ver os nossos governantes!