Elimine maus hábitos com estes 3 simples passos

(Última atualização em: 27 Dezembro, 2017)

Quantos de nós não temos maus hábitos que desejamos eliminar. Seja parar de fumar ou de roer unhas, não ficar disperso no trabalho, comer somente o suficiente, etc. A verdade é que sempre temos alguma coisa que fazemos, que queremos remover de nossas vidas.

Apesar de triviais, não são simples de remover, e por mais que tentamos, muitas vezes nos sentimos fracassados ao testar sem sucesso remover um hábito assim tão bobo. A verdade é:

Hábitos são realmente difíceis de mudar.

Pois são geralmente atos inconscientes, que só percebemos depois de realizados. Mas apesar do banho de água fria, utilizei o termo difícil e não impossível. Portanto arregace as mangas e veja as dicas abaixo para eliminar hábitos indesejados:

“Somos aquilo que repetidamente fazemos.”

Aristóteles

1 Motive-se

Você precisa realmente querer, só a intenção não basta. Para facilitar sua decisão tome nota do porque você quer mudar esse hábito, liste as vantagens e como você será quando não o mais tiver. Você ficará mais confiante, mais interessante, mais feliz. Anote tudo em um lugar especial.

Ainda na parte da motivação, especialistas dizem que tentar eliminar o pensamento ou se punir por causa do hábito não resolve o problema e, o pior, dará mais força a ele. Tente entender, aceitar e a partir daí use estratégias para modificá-lo, assim como estamos fazendo aqui.

 

2 Monitore-se

Hábitos são ativados (gatilhos) em determinadas situações. Descubra que situações são essas. Tente se observar por um dia ou dois. O que causou a ativação do hábito negativo.

Alguns exemplos de ativação:

  • Roer unha sempre quando fico indeciso sobre uma decisão que devo tomar;
  • Me altero exageradamente quando o Fulano discute comigo na roda de amigos;
  • Fico disperso no meu trabalho sempre que recebo uma atualização de uma rede social;
  • Sempre que penso em tudo que preciso fazer, fico irritado com meus colegas;
  • Em reuniões onde preciso falar ativamente, fico movimentando minhas mãos sem parar.

Esses acima são apenas exemplos de possíveis maus hábitos, mas somente a intensidade e o o sentimento é que irão determinar se são maus hábitos ou não. Em negrito é possível observar o comportamento inicial que ativou o problema. Após encontrar, pergunte-se?

Posso substituir esse comportamento?

É possível prestar mais atenção quando ele ocorrer novamente?

 

3 Mude-se

Exitem diversas estratégias para remover os maus hábitos de nossas vidas. Alguns especialistas acreditam que substituir o hábito ruim por um bom é uma estratégia eficiente. Com ajuda do passo 2, onde você identificou quando e como o comportamento acontece, podemos imediatamente realizar uma outra atividade, mudando assim a rotina. Segue alguns exemplos:

 

  • Roer unha sempre quando fico indeciso sobre uma decisão que devo tomar;

Tenha uma bola de exercícios perto do seu computador;

Faça desenhos, coma uma fruta, coloque as mãos no bolso;

 

  • Me altero exageradamente quando o Fulano discute comigo na roda de amigos;

Faça o exercício do silêncio e voltar ao assunto posteriormente;

 

  • Fico disperso no meu trabalho sempre que recebo uma atualização de uma rede social;

Defina períodos para acessar suas mídias sociais, e respeite esses horários;

Estipule só acessar quando terminar uma atividade por completo, por exemplo;

 

  • Sempre que penso em tudo que preciso fazer, fico irritado com meus colegas;

Ao chegar no trabalho, antes de pensar nas atividades, faça o exercício de pensar e anotar todas as atividades do dia, depois tente priorizá-las, risque o que não irá caber nesse dia.

Use outras técnicas de produtividade para evitar pensar em muitas tarefas.

 

  • Em reuniões onde preciso falar ativamente, fico movimentando minhas mãos sem parar.

Entre com lápis e caneta em uma reunião que irá falar e desenhe;

Use um clipes de papel e fique girando o mesmo, durante a reunião;

 

As sugestões acima servem para ilustrar possíveis soluções para esses casos hipotéticos. Pense o que você poderia fazer para substituir o mau hábito?

A ideia dessa técnica é exercitar o novo hábito diversas vezes até eliminar o hábito antigo. O processo todo demora tempo e precisa ser praticado, mas como é possível identificar o comportamento causador (Passo 2) fica fácil nos darmos conta de que o mau hábito está se aproximando e imediatamente podemos ativar o novo hábito.

Esse artigo apresentou uma estratégia simples mas eficiente para eliminar maus hábitos. Que tal tentar usá-la? Teste-a, adapte-a as suas necessidades.