Esta menina encontrou-o a chorar de dores. Mas quando ela descobriu o razão, o destino dele foi traçado.

Quando tinha pouco mais de um ano, Chloe Levenson, de São Francisco, Estados Unidos, ficou com queimaduras severas por odo o corpo devido a um acidente de carro. Este evento foi realmente traumático e deixou a sua marca nela apesar das marcas de cicatrizes terem ficado menos visíveis.



Na adolescência, ela sonhava ter um cãozinho, e pediu à mãe, Toby, para lhe procurar um. Mas por meses elas não conseguiram chegar a um acordo, até receberem um telefonema extraordinário do hospital onde Chloe tinha sido operada anos antes.

Havia um filhotinho abandonado, eles explicaram, que tinha sofrido queimaduras terríveis. Eles estavam a procura do lar certo e os Levensons souberam imediatamente que estava destinado.


Fireman (bombeiro, em português), estava com sua “mãe” temporária Kristy Keusch. Kristy e o abrigo de animais que resgatou Fireman reconheceram que este animal precisaria de uma família especial que o entendesse, então eles entraram em contato com o hospital para pacientes vítimas de queimaduras.

Quase morto por queimaduras químicas, Fireman não foi apenas salvo: ele estava a ponto de entrar para o lar mais adequado para ele, com pessoas que entendiam perfeitamente o que o pobre animal tinha passado.


Hoje, Chloe e Fireman são uma dupla maravilhosa e parecem ter se ajudado a se recuperar mutuamente. Finalmente Chloe conseguiu o cãozinho com que tanto sonhou. Não há nada melhor do que quando pessoas e animais que são feitos um para o outro finalmente se encontram.


Assista toda a emocionante história aqui nesta reportagem (em inglês):