Estudos indicam que as pessoas que falam com os animais de estimação são bem mais inteligentes que a média.

Se você tem o hábito de falar com animais de estimação, plantas ou qualquer objeto inanimado, isso é um sinal de inteligência.

Normalmente quem tem um animal de estimação acaba por passar bastante tempo a falar com ele. Mesmo que alguns olhem para este hábito com desdém, os donos de animais mais tagarelas realmente está com as ideias no sitio.

Nós não devemos parar de conversar com os animais de estimação, mesmo que eles nunca nos respondem ou esperem que acabemos de falar. Pessoas que estão com esses comportamentos estranhos podem sentir que não estão no seu juízo perfeito.

[adinserter block=”8″]

Mas estudos provaram que falar com animais de estimação é um sinal de inteligência.

Você prefere a companhia de seus animais de estimação à companhia de humanos? De acordo com um estudo, conduzido por Gary D. Sherman e Jonathan Haidt, na Universidade de Harvard, isso não faz você estranho ou um desajustado social mas sim inteligente acima da média.

Isso é conhecido como antropomorfização. É quando os humanos começam a atribuir emoções e traços humanos a entidades que decididamente não são humanas. Não pense que é um ato infantil ou bobo. Este ato é um dos subprodutos de ser humano no planeta Terra.

O antropomorfismo é o cérebro humano que sempre encontra qualidades semelhantes às humanas em entidades não-humanas.

[adinserter block=”8″]

“Historicamente, o antropomorfismo tem sido tratado como um sinal de infantilidade ou estupidez, mas na verdade é um subproduto natural da tendência que torna os humanos excepcionalmente inteligentes neste planeta”, disse Nicholas Epley, professor de ciência comportamental da Universidade de Chicago.

Os especialistas em antropologia que estudaram o assunto acreditam que os adultos que conversam com seus animais de estimação estão exibindo inteligência.

De acordo com um estudo de Harvard, os seres humanos também são propensos a fornecer nomes humanos aos animais e se referir a eles pelos seus pronomes de gênero. Não existem outros seres vivos no planeta com a capacidade de localizar comportamentos humanos nos objetos inanimados mais aleatórios. Quando começamos a atribuir aos nossos animais de estimação certas características de caráter tipicamente encontradas em humanos, ocorre o antropomorfismo.

Ainda não estamos cientes do que a mente é capaz, pois o cérebro humano é tão complicado. O cérebro também está tentando encontrar características humanas em itens inanimados e isso é um sinal de criatividade.

[adinserter block=”8″]

Com nossas palavras e gestos, os animais de estimação também têm a capacidade de aprender mais. E isso é um sinal de evolução. Os cães têm mais capacidade de aprender coisas comparativamente aos gatos. Os gatos também têm outras maneiras de se comunicar com as pessoas, embora não se importem na maioria dos casos.

Por isso, não hesite em falar com seus animais de estimação. Mas se alguém disser alguma coisa, encaminhe-os para os resultados desses estudos.

Se você gostou deste artigo partilhe com seus amigos.