Mãe Afoga Os Bebês No Rio. Um Cão Vê Tudo E Decide Atacá-la

Os cães sabem reconhecer o perigo e agir de forma imediata, quando necessário. Esta triste história apresenta a lealdade dos animais perante ao que é certo, enquanto esta mãe pratica algo cruel.

Uma mãe que não teve seu nome divulgado levou seus dois filhos – de 5 e 9 anos – ao rio Murray, localizado em New South Wales, na Austrália. Infelizmente, sua intenção não era das melhores. No dia anterior ela havia falado a um amigo que precisava “afogar seus meninos”.

 

Ela primeiro afogou o mais velho, enquanto o mais novo gritava desesperado. Então supostamente ela arrastou o menor até dentro d’água e ele ainda não foi encontrado. Neste momento, algo inexplicável aconteceu: Um cão da raça Pitbull flagrou a cena, entendeu o que acontecia e atacou a mãe.
[adinserter block=”1″]

O mais estranho é que os avós dos meninos – que tomavam conta dos dois há 18 meses – já haviam alertado as autoridades. “Nós fizemos reclamações consideráveis aos Serviços de Família e Crianças e ao Departamento de Serviços Correcionais sobre o risco iminente que os meninos enfrentavam com a libertação de sua mãe da prisão”, disse o advogado dos avós.
[adinserter block=”11″]

Buddy mordeu a mãe das crianças e tentou arrastar os pequenos para fora do rio. O cachorro só conseguiu salvar o irmão mais velho, mas quando a polícia chegou, o animal também foi capturado e levado pela polícia.

O motivo? Para tirar o menino do rio, o cachorro acabou mordendo o pequeno, e a polícia, sem saber o que havia acontecido exatamente, o levou pensando se tratar de um cão perigoso que havia atacado as crianças.

A mãe vai enfrentar um julgamento no tribunal com a acusação de homicídio. Mas graças a este cão, uma vida foi poupada em meio a um crime cruel.

 

Foi então que os donos de Buddy criaram uma página no Gopetition, na qual pediam ajuda para salvar o cãozinho. Nela, diziam: “Buddy é um membro da nossa família e cresceu rodeado de crianças a vida toda; ele sempre foi um cachorro adorável e carinhoso, claramente viu um menino que precisava de ajuda e tentou ajudá-lo”. A polícia estava pensando em sacrificar o animal, alegando que ele era perigoso, mas graças às assinaturas no site (mais de 50.000) e a investigação policial, se confirmou que o animal não é perigoso e que, efetivamente, estava apenas ajudando as crianças.

 

A mãe (cujo nome se desconhece devido a assuntos legais) foi processada por assassinato e tentativa de assassinato. O irmão mais velho segue se recuperando no hospital. E a família de Buddy está esperando que a polícia devolva seu adorável cãozinho. Sem dúvida uma história triste, que poderia ter acabado ainda pior se esse lindo pit bull não tivesse intervindo. Nós só podemos agradecer a ele e sua família e esperamos que a justiça faça todo o possível para castigar a mãe desses meninos por um crime tão atroz.