Mexicano coloca cadeado nas calças da namorada para evitar a infidelidade

(Última atualização em: 12 Fevereiro, 2018)

Mais um caso de ciúmes levado ao extremo. Uma mulher no México, viveu por mais de 10 anos com uma corrente presa à calça, como um cinto de castidade.

A mulher tinha 25 anos, moradora de Zacatlame, no estado mexicano de Veracruz, foi obrigada pelo namorado e usar uma espécie de cinto de castidade nos últimos anos. A intenção do homem era evitar que a namorada cometesse algum tipo de infidelidade.

O cinto era, na verdade, um cadeado, colocado junto ao zíper que fechava a calça da mulher – o homem detinha a chave, claro. Durante o tempo em que permanecia com um cadeado, a namorada – ou vítima? – não podia nem ao menos ir a casa de banho.

[adinserter block=”8″]

Porém o rapaz, um fazendeiro da região, acabou solto, pois a mulher não apresentou queixa. Ele, no entanto, admitiu a responsabilidade e prometeu não mais maltratar sua parceira desta forma.

A vítima vivia há 13 anos com o fazendeiro, de modo que ninguém podia tocá-la durante a sua ausência. O caso só ficou conhecido depois que a moça teve que ir ao banheiro e a policia foi chamada.

O caso foi parar na polícia porque a saúde da jovem estava debilitada e ela sabia que precisava retirar o cadeado. Ela tinha medo de que o namorado a magoasse se ela cortar as calças, já que a chave do cadeado parecia estar perdida.
O homem foi preso e a mulher teve o cadeado retirado. Em seguida, ela foi pedir para que o namorado fosse liberado e se recusou a prestar denúncia. A polícia fez com um acordo com o ciumento, que prometeu deixar de usar o cadeado e não ser agressivo com a jovem.