Nova burla nas máquinas multibanco chega ao nosso País. DIVULGUEM

Trata-se de um esquema muito bem montado que já levou o dinheiro de várias pessoas!

Normalmente quando vamos ao multibanco a nossa maior preocupação centra-se sempre no medo de sermos assaltados por alguém que se dirija a nós. E se lhe dissermos que a maior parte dos assaltos são feitos sem ninguém estar ao seu lado?

Segundo o Correio Manha, o utilizador inseria o cartão e o respectivo código, mas não conseguia efectuar qualquer operação.
Através deste método, inédito no nosso País, os suspeitos ficavam a saber o número de código do cartão, bem como todos os restantes dados constantes da respectiva faixa magnética.
Esses dados eram depois reproduzidos num cartão clonado, com o qual os burlões podiam fazer levantamentos em qualquer caixa de multibanco. 
Presume-se que os detidos façam parte de um grupo organizado a operar na Europa e com fácil mobilidade.

O nosso leitor Jorge Soares passou por esta fraude e descreveu ocorrido da seguinte forma:
“Hoje fui levantar 200 numa máquina multibanco e sairam apenas 3 notas de 20. Fiquei à espera das restantes notas mas em vez disso a máquina tocou a musica. Ao contactar o banco disseram-me que o registo é de que a máquina deu 200 e não têm conhecimento de qualquer anomalia pelo que recomendo cautela e levantamentos de baixos valores”

SINAIS DE ALERTA

CAIXA
O utilizador deve, num primeiro momento, verificar se há algo de estranho na caixa multibanco. Deve procurar vestígios de fita adesiva ou mesmo de cola em torno do ecrã e da área de digitação.

RANHURA
Deve verificar se o sistema de leitura de cartões é o habitual, ou se é exigida outra forma diferente de inserir o cartão multibanco. Se notar algo de estranho, não insira o cartão.

ECRÃ E TECLADO
O utilizador deve observar cuidadosamente o ecrã e o teclado e se estão bem fixados à máquina de multibanco.

OPERAÇÕES
Se não detectar nenhum facto anormal mas ainda assim a máquina não realizar a operação pretendida, limitando-se a devolver o cartão de multibanco, relate a situação ao seu banco.

Existem varias maneira de lhe roubar o dinheiro mesmo nas maquinas multibanco que considera “seguras”, como tal vamos deixar imagens dos que deve tomar atenção quando for levantar dinheiro:

Desconfie sempre das ranhuras que estiverem desniveladas
Tenha atenção onde coloca o cartão. Se a ranhura estiver desprendida já sabe é burla

    Se vir estragos nas maquinas tenha atenção podem ter sido alterado

    Cuidado com câmaras ocultas que lhe roubam o código do cartão!

    Se vir algum aparelho que nunca tinha vista numa caixa de multibanco desconfie sempre

    Se a caixa automática estiver com rachas o mais provável é que tenha sido alterada

    Tenha atenção a teclados falsos que guardam o código do seu cartão

    Ou protecções de código que podem esconder câmaras e roubar-lhe o código do cartão

    Acréscimos de acrílico por cima da ranhura do cartão escondem igualmente câmaras ocultas

    Por fim tenha sempre em atenção a ranhura onde faz os depósitos pode ter sido alterada e o deposito não ser feito

CÓPIA DE BANDA MAGÉTICA FACILITA FRAUDE
Ednaldo e Silvana, um casal de brasileiros do Paraná, mereceram durante um ano inteiro toda a confiança de patrões, colegas e clientes do posto de abastecimento de combustíveis da BP em Ermida, Penafiel.

Em Fevereiro deste ano, os dois desapareceram, depois de replicarem cerca de duas dezenas de cartões multibanco, que lhes terão permitido efectuar levantamentos perto dos 175 mil euros. Um tipo de crime pouco comum, que exige conhecimentos técnicos e capaz de provocar rombos consideráveis.

O esquema utilizado pelos burlões consiste na duplicação das bandas magnéticas que existem nas costas dos cartões, com as quais, depois de terem acesso ao PIN – duplicado ou roubado – conseguem criar um ‘clone’ do cartão original.

Em Setembro do ano passado, a Polícia Judiciária conseguiu travar um esquema semelhante, envolvendo um bando internacional que se dedicava à recolha de dados e contrafacção de cartões bancários para levantamentos em terminais multibanco, neste caso em Espanha

Partilhe esta informação e preste atenção quando for ao multibanco, se notar algo suspeito reporte as autoridades.