Pai explora a filha de 13 anos para uma rede de pedófilos, fotos exclusivas do quarto que usava!

(Última atualização em: 5 Abril, 2018)

O DailyMail conseguiu obter fotos exclusivas do quarto onde um pai louco na Austrália explorou a sua filha de 13 anos para operar uma rede de pedófilos.

Nas fotos perturbadoras, podemos ver tubos de lubrificantes e pacotes de preservativos espalhados no quarto.

A polícia até encontrou um trabalho de biologia do ensino secundário num dos pequenos móveis.

[adinserter block=”8″]

Nestas fotos, foram usadas pistas para incriminar Alfred John Impicciatore, um homem de 47 anos de idade.

A vítima descreveu o homem como “o homem com um grande chihuahua”, provavelmente referindo-se a uma tatuagem no seu peito.

[adinserter block=”8″]
Quando Impicciatore foi interrogado pela polícia, o homem afirmou francamente que tinha encontrado o pai depois que um anúncio foi publicado on-line e que dizia que a sua filha tinha 17 anos de idade.

Depois de saber do investigador que a menina tinha apenas 13 anos de idade, Ampicciatore tentou declarar inocência, ele foi considerado culpado de 4 acusações de agressão sexual a uma criança.

O seu DNA encontrado num preservativo sujo foi suficiente para convencer o tribunal.


[adinserter block=”8″]

Quanto ao pai da menina, a sua identidade permanece secreta para proteger o anonimato da vítima.

O homem foi sentenciado a 22 anos de prisão e disse em interrogatório: “Vou ser sincero com vocês, foi muito divertido durante o tempo todo, mas acabou por ir longe demais, longe demais.”

Seis outros homens teriam participado desta rede operada pelo pai, incluindo um pastor chamado David Volmer.

Um sétimo homem pode ter participado da rede.

Impicciatore vai conhecer a sua sentença brevemente.