Queda de cabelo: causas e 10 dicas para a evitar e atrasar

A queda de cabelo é um problema que afeta milhões de pessoas, principalmente homens. É um processo triste que destrói a auto estima das pessoas e onde são gastos milhões no seu combate.

A perda de cabelo (alopecia) pode afetar apenas o couro cabeludo ou todo o corpo e pode ser temporária ou permanente. Pode ser resultado de hereditariedade, alterações hormonais, condições médicas ou uma parte normal do envelhecimento. Qualquer pessoa pode perder cabelo, mas é mais comum em homens.

A calvície geralmente se refere à perda excessiva de cabelo do couro cabeludo. A perda de cabelo hereditária com a idade é a causa mais comum de calvície. Algumas pessoas preferem deixar que a queda de cabelo siga seu curso sem tratamento e sem esconder. Outros podem disfarçar com penteados, maquiagem, chapéus ou lenços. E ainda outros escolhem um dos tratamentos disponíveis para evitar mais queda de cabelo ou restaurar o crescimento.

Antes de iniciar o tratamento para queda de cabelo, converse com seu médico sobre a causa da queda de cabelo e as opções de tratamento.

Sintomas da queda de cabelo

A perda de cabelo pode aparecer de muitas maneiras diferentes, dependendo da sua causa. Pode surgir repentina ou gradualmente e afetar apenas o couro cabeludo ou todo o corpo.

queda de cabelo

Os sinais e sintomas de queda de cabelo podem incluir:

  • Desbaste gradual no topo da cabeça. Este é o tipo mais comum de queda de cabelo, afetando as pessoas com a idade. Nos homens, o cabelo geralmente começa a retroceder na linha do couro cabeludo na testa. As mulheres normalmente têm uma parte mais larga do cabelo. Um padrão de perda de cabelo cada vez mais comum em mulheres mais velhas é a retração da linha do cabelo (alopecia frontal fibrosante).
  • Manchas carecas circulares ou irregulares. Algumas pessoas perdem cabelo em manchas carecas circulares ou irregulares no couro cabeludo, barba ou sobrancelhas. Sua pele pode coçar ou doer antes de o cabelo cair.
  • Afrouxamento repentino do cabelo. Um choque físico ou emocional pode causar o afrouxamento do cabelo. Punhados de cabelo podem sair ao pentear ou lavar o cabelo ou mesmo após puxá-lo com cuidado. Este tipo de queda de cabelo geralmente causa o enfraquecimento geral do cabelo, mas é temporário.
  • Perda de cabelo em todo o corpo. Algumas condições e tratamentos médicos, como quimioterapia para câncer, podem resultar na perda de cabelo por todo o corpo. O cabelo geralmente volta a crescer.
    Manchas de descamação que se espalham pelo couro cabeludo. Este é um sinal de micose. Pode ser acompanhada de cabelos quebrados, vermelhidão, inchaço e, às vezes, secreção.

Quando consultar um médico

Consulte o seu médico se você estiver angustiado com a queda persistente de cabelo em você ou no seu filho e quiser prosseguir com o tratamento. Para mulheres que apresentam retração da linha do cabelo (alopecia com fibrose frontal), converse com seu médico sobre o tratamento precoce para evitar calvície permanente significativa.

Converse também com seu médico se notar uma queda repentina ou irregular de cabelo ou uma queda maior do que o normal ao pentear ou lavar o cabelo do seu filho. A queda repentina de cabelo pode sinalizar uma condição médica subjacente que requer tratamento.

Causas da queda de cabelo

As pessoas geralmente perdem 50 a 100 fios de cabelo por dia. Isso geralmente não é perceptível porque um novo cabelo está crescendo ao mesmo tempo. A perda de cabelo ocorre quando o cabelo novo não substitui o cabelo que caiu.

A perda de cabelo geralmente está relacionada a um ou mais dos seguintes fatores:

  • História familiar (hereditariedade). A causa mais comum de queda de cabelo é uma condição hereditária que ocorre com o envelhecimento. Essa condição é chamada de alopecia androgênica, calvície de padrão masculino e calvície de padrão feminino. Geralmente ocorre gradualmente e em padrões previsíveis – uma linha fina recuando e manchas carecas em homens e cabelos ralos ao longo da coroa do couro cabeludo em mulheres.
  • Alterações hormonais e condições médicas. Uma variedade de condições pode causar queda de cabelo permanente ou temporária, incluindo alterações hormonais devido à gravidez, parto, menopausa e problemas de tireóide. As condições médicas incluem alopecia areata , que está relacionada ao sistema imunológico e causa perda de cabelo irregular, infecções do couro cabeludo, como micose, e um distúrbio de puxar o cabelo chamado tricotilomania.
  • Medicamentos e suplementos. A perda de cabelo pode ser um efeito colateral de certos medicamentos, como aqueles usados ​​para câncer, artrite, depressão, problemas cardíacos, gota e hipertensão.
    Radioterapia na cabeça. O cabelo pode não voltar a crescer como antes.
  • Um evento muito estressante. Muitas pessoas experimentam um enfraquecimento geral do cabelo vários meses após um choque físico ou emocional. Esse tipo de queda de cabelo é temporária.
  • Penteados e tratamentos. O excesso de penteados ou penteados que prendem o cabelo com força, como rabo de cavalo ou trancinhas, podem causar um tipo de queda de cabelo chamada alopecia de tração. Os tratamentos e permanentes com óleo quente também podem causar a queda do cabelo. Se ocorrer cicatriz, a queda de cabelo pode ser permanente.

O que fazer contra a queda de cabelo

cabelo forte

1. Considere medicamentos prescritos

Existem dois medicamentos aprovados clinicamente para prevenir a queda de cabelo – finasterida e minoxidil. A finasterida atua inibindo o hormônio diidrotestosterona (DHT), que faz com que os folículos capilares encolham e, eventualmente, caiam, enquanto o minoxidil aumenta o fluxo sanguíneo e a absorção de nutrientes pelos folículos. Ambos os tratamentos também podem resultar em algum crescimento do cabelo, mas incluem o risco de efeitos colaterais. Foi descoberto que a finasterida causa disfunção erétil e diminuição da libido em aproximadamente 1 em 31 homens, enquanto o minoxidil pode resultar em irritação da pele e reações alérgicas.

2. Use um pente a laser

Além da finasterida e do minoxidil, os pentes a laser são o único tratamento para queda de cabelo que recebeu a aprovação do FDA. (No Reino Unido, a medicação e os pentes devem ser pagos de forma privada, pois não estão disponíveis no NHS.) Um estudo de 2014 com 103 homens com padrão de queda de cabelo encontrou um aumento significativo na densidade do cabelo após 26 semanas de aplicação de laser pentear o couro cabeludo três vezes por semana. A maneira exata como os pentes funcionam não é totalmente compreendida, mas foi sugerido que os lasers de baixa potência têm um efeito antioxidante nos folículos capilares.

3. Mude seus produtos de cabelo

Há evidências de que muitos géis e outros produtos para pentear podem contribuir para a queda de cabelo, já que os produtos químicos desses produtos ficam no couro cabeludo e ficam presos nos folículos, impedindo que o cabelo venha à superfície. Evite o uso excessivo de géis para o cabelo e experimente produtos de modelagem mais naturais, que contêm menos produtos químicos.

4. Evite águas quentes

Chuveiros muito quentes podem causar danos ao couro cabeludo, pois eliminam os óleos essenciais que ajudam a protegê-lo, causando secura e inflamação. Não há evidência direta de que banhos quentes causem queda de cabelo, mas alguns acreditam que a inflamação do couro cabeludo pode resultar na miniaturização dos folículos capilares e no enfraquecimento do cabelo.

5. Mudar para shampoos anti-DHT

O DHT é o principal culpado pela queda de cabelo e alguns xampus podem ajudar a combatê-la. Pesquise produtos que contenham cetoconazol a 1-2%, medicamento que bloqueia a conversão da testosterona em DHT, assim como a finasterida. No entanto, como a aplicação de cetoconazol é restrita ao couro cabeludo, não tem o mesmo risco de efeitos colaterais sexuais negativos.

6. Experimente massagem no couro cabeludo

Alguns estudos sugeriram que a massagem no couro cabeludo tem o potencial de aumentar a densidade do cabelo, melhorando a circulação sanguínea no couro cabeludo e nos folículos capilares, bem como aumentando a atividade de genes conhecidos por promover o crescimento do cabelo. Um benefício adicional é que a massagem ajuda a diminuir os níveis de estresse, outro fator relacionado à queda de cabelo.

7. Fazer um transplante de cabelo

Se você já tem queda significativa de cabelo, um transplante pode ser sua melhor aposta. Antes da queda de cabelo, temos cerca de 100.000 cabelos; pelo menos 25.000 são necessários para dar a aparência de uma cabeça de cabelo relativamente completa. O processo de transplante envolve a retirada de folículos capilares das regiões “doadoras” resistentes ao DHT na parte posterior e nas laterais da cabeça e enxertá-los no couro cabeludo. Existem muitas técnicas diferentes de transplante de cabelo, mas alguns dos métodos mais novos usam células-tronco capilares para estimular o crescimento na área doadora, permitindo transplantes repetidos, se necessário.

8. Use menos produtos no banho

Não precisa de lavar sempre o cabelo com champô. Uma ou duas vezes por semana é suficiente, as restantes vezes lave apenas com água! Sim, apenas água! A maioria dos produtos de limpeza elimina os óleos essenciais do couro cabeludo e fazem mais mal que bem.

9. Faça exercicio e tenha uma boa alimentação

Esta dica parece um cliché porque ela é usada em tudo mas é ainda mais verdade no que diz respeito a queda de cabelo.

Uma boa alimentação e hábitos saudáveis fazem o seu cabelo, pele e unhas mais fortes!

10. A folha de goiaba: faz milagres!

Esta árvore tropical que é bastante comum em toda a América do Sul e América Central. Por esse motivo, é bem fácil encontrar no Brasil. O seu fruto, a goiaba, para além do seu excelente sabor, tem várias utilidades medicinais. Porém, não é apenas o fruto. Suas folhas contêm segredos que vão ajudar sua saúde, beleza e bem estar…

folha de goiabeira para queda de cabelo

Hoje mostro para vocês tudo o que as folhas de goiaba podem fazer por você e que você não sabe…

A goiaba é bastante rica em vitaminas A, B1, B2, B6 e principalmente vitamina C. Suas folhas, contêm também várias dessas propriedades que são bastante benéficas para o seu corpo e com várias utilidades que poucas pessoas conhecem.

NOTA: Embora a folha de goiaba seja um conhecido tratamento para a queda de cabelo isso não substitui qualquer tratamento prescrito pelo seu médico!

Como fazer chá de folha de goiaba

Ferva 1 litro de água.

Desligue o fogo e junte 3 ou 4 folhas de goiabeira secas.

Aguarde cerca de 20 minutos e coe o chá.

Quais os benefícios de beber chá de folhas de goiaba?

Esse chá pode ser tomado até 3 vezes por dia.

Ele vai ajudar a:

  • Ajuda a perder peso.
  • Prevenir acne.
  • Prevenir pontos pretos na pele.
  • Aliviar dor de dente.
  • Tratar gengivas inflamadas.
  • Ajudar no tratamento da dengue.
  • Evitar queda de cabelo.
  • Aliviar comichão.
  • Diminuir o colesterol.
  • Aliviar dor de estômago.
  • Prevenir o envelhecimento da pele.
  • Alivias sintomas de bronquite.
  • Aliviar tosse.

Importante: Não tome medicamentos (para queda de cabelo e outros males) comprados na internet ou televendas. Não há nada errado em beber um chá caseiro mas iniciar tratamentos com base em “informações da internet” sem o consentimento do seu médico pode ser prejudicial ou até mesmo perigoso.